É CURIOSO

Fundador do eCash entra no mundo das criptomoedas

Tempo de leitura: 1 minuto

David Chaum, inventor do eCash – também conhecida como primeira moeda eletrônica do mundo, não desistiu do mundo da inovação e acaba de lançar a criptomoeda Elixxir.

Desenvolvida por meio de uma startup com o mesmo nome, a moeda Elixxir se propõe a resolver problemas frequentes de outros criptoativos, como velocidade, escalabilidade e privacidade.

Com a novidade, Chaum acredita ter reinventado o conceito de criptomoeda de duas formas.

A primeira delas é permitindo que o sistema opere antecipadamente com as chaves públicas, garantindo maior velocidade do que outros ativos. “Não há como conseguir velocidade e escalabilidade se, para cada transação, um servidor precisar fazer uma operação de chave pública, como criar uma assinatura ou checar uma assinatura”, comentou.

Conheça a CoinBene

A segunda diferença é que a Elixxir tem a capacidade de se manter funcional, mesmo com computadores quânticos.

Chaum afirma que sua criptomoeda irá assegurar a “verdadeira privacidade” graças ao mecanismo “multi-party computations”, criado pelo próprio entusiasta, permitindo que, num sistema com vários desenvolvedores sem identificação, apenas um precisa operar honestamente para que a rede funcione e as informações sejam mantidas privadas, conforme informa o Portal do Bitcoin.

Privacidade em jogo

Apesar das promessas relacionadas a privacidade do ativo, um blogueiro de codinome WhalePanda acessou o site da plataforma Elixxir antes do lançamento e localizou um formulário de reconhecimento de clientes, o que anularia as vantagens alegadas por Chaum.

Mesmo com as críticas, o executivo diz que seu histórico o torna apto para criar uma criptomoeda como a Elixxir. Será?

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Tecnologia ganha “fiéis” com religião baseada em blockchain
Wozniak blockchain
Steve Wozniak se envolve pela primeira vez com projeto blockchain
Líder de esquema de pirâmide vai devolver dinheiro para vítimas