Reading Time: 1 minuto

O criador do Litecoin (LTC), Charlie Lee, anunciou que vai trabalhar para tornar a criptomoeda mais fungível.

Pelo Twitter, o desenvolvedor afirmou que a fungibilidade é a única propriedade do dinheiro real que falta ao Bitcoin e ao Litecoin, acrescentando que seu próximo campo de batalha será concentrar-se na fungibilidade e privacidade.

Lee concluiu seu raciocínio declarando que para deixar o LTC fungível, será necessário adicionar transações confidenciais, que poderiam ser adicionadas à criptomoeda por meio de um soft fork.

E o que é um soft fork?

Trata-se de uma modificação feita no código da criptomoeda que não provoca uma divisão no blockchain, como acontece em um hard fork.

Lee declara que essas novidades devem ser implementadas “em algum momento de 2019”.

E o que é fungibilidade?

É a propriedade do dinheiro que implica que cada unidade de um determinado ativo tenha o mesmo valor que qualquer outro ativo do mesmo tipo e da mesma unidade.

Você conhece o Litecoin?

A moeda foi criada por Charlie Lee, ex-engenheiro de software do Google, com o objetivo de corrigir alguns pontos do Bitcoin que ele considerava que mereciam ser revistos.

Pontos como limite de moedas, escassez, tempo de confirmação das transações e a acessibilidade, tanto dos preços quanto no poder de mineração foram aprimorados por Lee.

Como o próprio criador define, o Litecoin é uma moeda que deve ser mais voltada ao setor de pagamentos, enquanto o Bitcoin deve ser usado como reserva de valor.

Atualmente o Litecoin ocupa a 7ª posição no CoinMarketCap, com capitalização de mercado em US$ 1,9 bilhões.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais em nosso portfólio, te ajudamos a conhecer o mundo além do Bitcoin.

Cadastre-se grátis em nossa plataforma e vamos aos negócios!

SHARE
RELATED POSTS
Mercado de criptomoedas atingirá US$ 80 tri em 15 anos, diz Tim Draper
Ethereum suportará 1 milhão de transações por segundo, diz Vitalik Buterin
Em seis meses, furtos de criptoativos no Japão somam US$ 540 milhões
Furtos de criptoativos somam quantia milionária em seis meses

Comments are closed.