CRIPTOMOEDAS

Países árabes se unem para criar criptomoeda local

Países árabes se unem para criar criptomoeda local
Tempo de leitura: 1 minuto

Duas potências do Oriente Médio pretendem criar uma criptomoeda para que possam realizar pagamentos transfronteiriços entre seus bancos centrais e os das nações vizinhas. Estamos falando da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos.

De acordo com a agência local Emirates News Agency, a decisão foi tomada por volta de 19 de janeiro em uma reunião que contou com 16 representantes dos dois países.

Além de facilitar transferências internacionais, a criptomoedas também ajudará os países a entenderem a tecnologia blockchain e estudarem suas aplicações. Em um primeiro momento, o ativo será restrito para uso limitado por alguns bancos dos países.

Expansão dos ativos digitais

Cada vez mais os países e instituições econômicas vem reconhecendo a importância das criptomoedas. A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, afirmou durante um evento que os bancos centrais deveriam considerar a adoção de seus próprios criptoativos.

Conheça a CoinBene

A executiva ainda lembra que vários países já trabalham em seus próprios ativos digitais, como Canadá, Suécia e Uruguai.

Uma pesquisa realizada pelo Bank for International Settlements (BIS) indica que 70% dos bancos centrais que participaram do levantamento já trabalham no desenvolvimento de seus próprios ativos digitais.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais em nosso portfólio, te ajudamos a conhecer o mundo além do Bitcoin. Cadastre-se grátis em nossa plataforma e vamos aos negócios!

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
DENT: plataforma que quer revolucionar uso de dados móveis
Nova atualização do Bitcoin Core é lançada
CEO do Twitter diz que Bitcoin pode tornar-se moeda nativa da internet
CEO do Twitter diz que Bitcoin pode tornar-se moeda nativa da internet