Reading Time: 2 minutos

A procura por profissionais especializados em blockchain está em franca expansão, e os salários para essas oportunidades também estão em alta.

O uso da tecnologia no Brasil ainda é modesto, mas o mercado externo pode transformar essa realidade no país, seja por startups que desenvolvem nova aplicações ou grandes empresas que desejam implementar projetos globais de blockchain.

De acordo com alguns classificados on-line, o número de oportunidades em 2018 para profissionais especializados em blockchain registra um crescimento considerável no total de vagas em relação a 2017, passando de 2 mil para 4 mil postos de trabalho.

Já os salários variam entre US$ 120 mil e US$ 170 mil por ano, média maior do que a de profissionais especializados no desenvolvimento de outras aplicações.

Segundo a plataforma de freelancers Upwork, uma das habilidades mais solicitadas pelos recrutadores nos últimos tempos é o conhecimento em blockchain.

E no Brasil?

De acordo com o especialista em tecnologia Michel Fernandes, o mercado brasileiro vem demonstrando cada vez mais essa tendência.

De acordo com o especialista, que é coordenador do curso de MBA sobre blockchain na FIAP, as empresas estão em uma fase de conhecimento da tecnologia e partindo para o desenvolvimento de provas de conceito, e para isso elas vão precisar de profissionais capazes de entregar esses projetos.

Quer saber mais sobre blockchain? Clique aqui.

Aplicações para blockchain

A tecnologia é referência quando o assunto é descentralização, transparência e garantia de integridade da informação. Blockchain permite que dados importantes sejam compartilhados com diversos participantes.

Ao contrário de um banco de dados tradicional, com o blockchain todos os participantes da rede possuem acesso às mesmas informações. As possibilidades de fraude dos dados são praticamente impossíveis, dado ao conceito usado pela tecnologia.

Fernandes ressalta que as áreas de aplicação são bem heterogêneas, sendo que as principais são relacionadas a empresas envolvidas em atividades financeiras, cadeias de suprimentos, controles de ativos e até mesmo cartórios.

O especialista lembra que toda empresa que deseja compartilhar informações com terceiros de forma transparente, promovendo trilhas de auditoria e processos descentralizados são as principais candidatas a empregar a tecnologia.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais em nosso portfólio, te ajudamos a conhecer o mundo além do Bitcoin.

Cadastre-se grátis em nossa plataforma e vamos aos negócios!

SHARE
RELATED POSTS
Maioria dos blockchains corporativos não sairá do papel
O curioso caso da exchange canadense
O curioso caso da exchange canadense
Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis
Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis

Comments are closed.