FIQUE LIGADO

Sobe e desce: confira a análise semanal da CoinBene

Tempo de leitura: 2 minutos

Seus inúmeros compromissos não permitiram que você acompanhasse o sobe e desce dos ativos financeiros digitais na última semana? Fique tranquilo, pois a CoinBene está aqui para te ajudar.

Neste artigo, apresentamos uma breve análise sobre as moedas digitais que registraram o melhor e o pior desempenho nos últimos dias. Confira!

Cenário

A volatilidade tão alardeada do mercado mostrou sua força entre os dias 20 e 27 de agosto levando criptoativos conhecidos a registrar “solavancos”.

A maior parte das criptomoedas listadas em nossa plataforma tiveram baixas, mas o destaque negativo ficou com VEEN com par em Bitcoin (BTC).

Conheça a CoinBene

O token nativo da plataforma de dados de redes sociais baseada em blockchain amargou um recuo de 42,55%, quando levamos em consideração o valor da abertura (0,00000282 BTC) registrado na última segunda-feira, dia 20, em relação ao valor de fechamento (0,00000162 BTC) verificado no domingo, dia 26.

No decorrer da semana apresentou mínima de 0,00000161 BTC e máxima de 0,00000295 BTC. 

Entre os ativos que registraram altas, a maior delas veio da ZenGold (ZGC) com par em Bitcoin (BTC). A ZGC, moeda desenvolvida no blockchain e apoiada por reservas de ouro no cofre de câmbio do Shangai Gold, apresentou variação positiva de 420,41%,  quando levado em consideração o valor de abertura no início da semana (0,0000001700 BTC) em relação ao fechamento no final da semana (0,0000009000 BTC).

Ao longo dos últimos dias, o ativo teve cotação mínima de 0,0000001700 BTC e máxima de 0,0000013000 BTC.

Notícias relevantes

Algumas informações divulgadas na imprensa durante a semana podem ter afetado o preço dos criptoativos diretamente, como:

  • Empresa chinesa de comércio eletrônico estaria criando uma corretora em blockchain com clientes corporativos como público-alvo, algo que poderia alterar a forma de funcionamento do setor já que o país detém um dos maiores mercados do mundo
  • A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), irá rever a decisão referente aos pedidos de criação de fundos de índices comercializados como ações (ETFs) de bitcoin, o que em tese, pode ter animado investidores a considerar apostas em ativos com pares na moeda.

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
DAICO: aprimorando a forma de capturar recursos
CVM
CVM toma posição sobre criptomoedas
Gráficos candlestick: como ler e entender