FIQUE LIGADO

Aprenda o que é e como usar o indicador Advance/Decline

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitos termos usados no universo das moedas digitais também são usados no mercado financeiro tradicional, mas por terem nomes técnicos muita gente prefere evitar o contato com eles. Por isso, começamos a explicar cada indicador para facilitar sua vida na hora de analisar o desempenho dos ativos e decidir se o momento é propício para negociá-lo ou mantê-lo em sua carteira.

E o tema de hoje é o indicador Advance/Decline. Ele nada mais é que um indicador de amplitude do mercado que mostra o grau de participação de ações individuais em um mercado em ascensão ou queda.

O cálculo é feito a partir da subtração do número de ações em declínio com o número de ações em avanço. O indicador acumula as diferenças, chamadas de adiantamentos líquidos, ao longo de um determinado período, adicionando a diferença entre o número de ações em declínio e adiantadas ao valor do indicador anterior.

Em geral, o indicador é utilizado para confirmar uma tendência, uma vez que quanto mais ações participam, mais forte será a tendência geral e vice-versa. Os investidores tanto do mercado tradicional quanto do universo criptográfico procuram divergências para identificar possíveis reversões de tendência. Contudo, ele é melhor usado em combinação com outras técnicas de análise.

Conheça a CoinBene

Resumindo, o Advance and Decline fornece uma medida de como os estoques de pequena e média capitalização estão sendo executados e possibilita analisar a saúde geral do mercado.

Como calcular?

O indicador também pode ser aplicado a uma moeda específica. Tal como é apresentado a seguir no cálculo:

Taxa A/D = avanços / recuos

Sendo:

Número de avanços: refere-se ao número de alta na cotação da moeda em “x” períodos.

Número de recuos: refere-se ao número de baixa na cotação da moeda em “x” períodos.

O cálculo nos fornece uma proporção em relação entre a quantidade de períodos de alta e períodos de baixa.

Ok, aprendi a fórmula, mas como posso interpretá-la?

Se os mercados estão em alta, mas a linha A / D está inclinada para baixo (divergência de baixa), geralmente é um sinal de que os mercados estão perdendo sua amplitude e podem estar prestes a reverter a direção. Veja o exemplo abaixo:

Se a inclinação da linha A / D estiver em alta e o mercado estiver tendendo para cima, então o mercado é considerado saudável. Confira no exemplo:

Se os mercados continuarem a se movimentar para baixo e a linha A / D tiver subido (divergência de alta), isso pode ser uma indicação de que os investidores estão perdendo sua convicção. Veja:

Se a linha A / D e os mercados estiverem em menor tendência juntos, há uma chance maior de que os preços em queda provavelmente continuem. Confira:

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Você não precisa mais de código para mergulhar no universo da CoinBene
Altas e baixas: confira a análise semanal da CoinBene
Entenda o que são os contratos futuros de Bitcoin