MERCADO

Banco internacional defende fim das criptomoedas

Banco internacional defende fim das criptomoedas
Tempo de leitura: 1 minuto

Agustín Carstens, presidente do Banco de Compensações Internacionais (BIS na sigla em inglês), deu declarações recentes pedindo o fim das criptomoedas.

De acordo com o CoinDesk, para o executivo, os ativos digitais representam uma bolha, um esquema Ponzi.

Segundo informações do Cointelegraph, Carstens acredita que criptomoedas não são capazes de assumirem a função da moeda fiduciária.

Para o executivo, jovens “deveriam parar de tentar criar dinheiro”, fazendo uma referência a mineração de Bitcoin.

Conheça a CoinBene

Segundo ele, isso seria um trabalho para os bancos e não para qualquer um.

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
Preço do Litecoin caiu US$ 80 entre março e junho
Storiqa (STQ): a rede do e-commerce próprio
Um dos maiores criptoativos alcança 1 milhão de carteiras
Um dos maiores criptoativos alcança 1 milhão de carteiras