SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis

Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis
Tempo de leitura: 2 minutos

Certamente você já ouviu falar de blockchain. Trata-se de uma tecnologia que dá segurança e confiabilidade à troca e ao armazenamento de informações entre participantes de uma rede, sem a necessidade de intermediários ou de uma entidade centralizadora.

Aproveitando as possibilidades que a tecnologia oferece, a empresa espanhola de energia Iberdrola começou a usar blockchain para rastrear energias renováveis, segundo a agência Europa Press.

Os primeiros testes foram realizados em cooperação com o banco Kutxabank, sediado na Comunidade Autônoma Basca, em parceria com a subsidiária Cajasur.

Durante o procedimento, a Iberdrola monitorou a energia renovável fornecida por parques eólicos e uma central elétrica aos escritórios do banco no País Basco e em Córdoba, na região sul.

Conheça a CoinBene

O projeto piloto da empresa espanhola foi realizado por meio da Energy Web Foundation, plataforma blockchain de código aberto para atender às necessidades regulatórias, operacionais e de mercado do setor de energia.

Graças à tecnologia blockchain, a Iberdrola conseguiu estabelecer uma hierarquia dos produtores de energias sustentáveis e automatizar o processo de distribuição de energia.

A agência Europa Press informa que o teste foi um sucesso e a empresa acredita que blockchain contribuirá muito para o processo de emissão da garantia de origem, um certificado que informa o cliente sobre a fonte da energia que ele está consumindo, além de fornecer soluções descentralizadas que podem aumentar a transparência e reduzir os custos operacionais eliminando intermediários.

Seguindo a tendência

A Acciona Energia, outra operadora espanhola de eletricidade, anunciou em dezembro ter intenção de usar blockchain para rastrear a geração de energia por fontes renováveis.

Além delas, a alemã Siemens também se associou à Energy Web Foundation para promover o uso de tecnologias descentralizadas, e o Departamento de Energia dos EUA destinou mais de US$ 4 milhões para pesquisas universitárias que envolvem blockchain.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais, te ajudamos a conhecer o mundo muito além do Bitcoin. Cadastre-se grátis em nossa plataforma e vamos aos negócios!

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
Crescem ataques com malwares no mundo; veja como se manter seguro
TrueChain, tecnologia voltada para publicidade digital
Por que pedimos seu CPF no cadastro?