MERCADO SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Blockchain do esporte: conheça a vSportChain

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma plataforma blockchain que é dedicada ao gerenciamento, verificação e comercialização de ativos relacionados ao mercado dos esportes. Essa é a vSportChain, primeira plataforma sem fins lucrativos e de código aberto totalmente dedicada à indústria esportiva.

Por meio de novas aplicações, a vSportChain pretende criar novos modelos de negócio e oferecer oportunidades de monetização aos principais envolvidos com o mercado esportivo, como clubes, eventos, atletas, patrocinadores, entre outros.

A vSportChain foi projetada para ser como a rede Ethereum, mas é voltada ao mercado esportivo. Ela serve para redefinir e construir um sistema de valores revolucionário e totalmente adaptável para a indústria do esporte.

Para movimentar a rede foi criada a vSportCoin, criptomoeda baseada na cadeia vSport que pode ser usada para transações geradas dentro da vSportChain. Com ela, é possível comprar ingressos para jogos de futebol, financiar jovens promessas das categorias de base, associações e clubes. Eles podem receber recompensas quando houver muito engajamento dos fãs nas redes sociais.

Conheça a CoinBene

Craque holandês faz parte do projeto

Um dos destaques é a presença do jogador holandês Wesley Sneijder no projeto. O atleta, que atualmente está no Al Gharafa, do Catar, é o co-fundador da vSportChain. Segundo ele, o projeto foi lançado porquê o blockchain pode ajudar a trazer equilibrio para a economia do esporte.

“Estou animado para ver uma comunidade esportiva aberta e descentralizada que se concentra nos fãs primeiro”, diz Sneijder.

Características

A rede possui arquitetura de dois níveis, o que ajuda a melhorar sua eficiência geral, reduzindo o custo de comunicação entre os nós.

Ela também possui a funcionalidade de contratos inteligentes, que possuem uma coleção de códigos e dados armazenados no vSportChain com um endereço específico.

Por meio do algoritmo SMPC (Secure Multi-Party), a rede resolve o problema de computação de sinergia e protege a privacidade dos participantes. Tudo isso combinado com Inteligência Artificial e computação distribuída.

Com o protocolo de operação trans-chain são suportados vários protocolos na rede, o que possibilita acesso a vários projetos de ativos digitais na vSportChain.

A tecnologia contém uma rede de compartilhamento de informações ponto-a-ponto que posiciona recursos públicos por meio da tecnologia de endereçamento de conteúdo.

Como obter vSportCoin?

Os interessados precisam ter saldo em Ether para poder realizar a transação. 

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
SegWit
SegWit domina transações de Bitcoin (BTC)
Aplicativo da CoinBene é lançado na Apple Store
Tailândia
Mais um! Banco da Tailândia quer criar criptomoeda