ANÁLISE DE ESPECIALISTA

Boom do Bitcoin: atenção para possível correção

Tempo de leitura: 1 minuto

Salve salve, investidores cripto! Este estudo busca ter uma visão mais ampla, a longo prazo, do mercado de criptomoedas. A partir desta análise, você saberá o momento exato, dentro do boom do Bitcoin, de quando a moeda deve subir ou ter uma correção.

O Bitcoin continua em um rally explosivo, onde a euforia toma conta do mercado. Esse momento é muito arriscado, uma vez que a correção pode ocorrer a qualquer momento. Essa correção poderá ser forte, uma vez que essa escalada veio rapidamente.

 

Conheça a CoinBene

Preço vai ter US$13.000 como resistência psicológica e US$13.600 como uma zona-chave para recuo. Se ignorar essas zonas, o gráfico semanal tem como próximo desafio apenas a zona de US$16.000.

Não recomendo a compra para pessoas com estratégia USD, pois é necessária certa experiência de mercado para gerenciar essa entrada. Altcoins só irão subir após o fim do rally do BTC, e a subida será forte.

~ Esse material não é uma recomendação de compra ou venda, somente um estudo para lhe auxiliar em sua tomada de decisão.

Conheça a Financial Move

A Financial Move é uma consultoria especializada em criptomoedas.

Conheça nossos serviços em https://www.financialmove.com.br

Não deixe de entrar nos nosso canais no Telegram.

Participe da comunidade no Telegram: http://bit.ly/FiancialMoveForum

Entre para nosso canal no Telegram: http://bit.ly/FinancialMoveCanal

~Realize seu próprio estudo e gerencie seu próprio risco, esse conteúdo é educativo e busca auxiliar e promover a educação financeira da comunidade.

Comentários

COMPARTILHAR
Tasso Lago
Engenheiro, Pós Graduado em Finanças Corporativas pela COPPEAD/UFRJ e Mestrando em Corporate Finance pela Université de Bordeaux. Atualmente é analista financeiro da IBM voltado para o mercado USA e CEO da Financial Move
View Website
Notícias relacionadas
Bitcoin reverte tendência de queda
Não é hora de comprar Bitcoin
Não compre Bitcoin agora
bitcoin to the moon
Será que agora é “to the moon”?