MERCADO

Coreia do Sul discute liberar Ofertas Iniciais de Moedas

Coreia do Sul
Tempo de leitura: 1 minuto

Autoridades da Coreia do Sul retomaram as conversas sobre as moedas digitais. As decisões tomadas na Assembleia Nacional podem definir os rumos do setor no país.

Preocupados com o crescimento do interesse público tanto pelo blockchain quanto pelas criptomoedas, os governantes decidiram colocar o tópico em pauta visando acabar com a proibição das Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs, na sigla em inglês).

A reunião

Além de debater ICOs, os participantes discutiram ainda a criação da “ilha blockchain”, localizado na ilha de Jeju, uma “zona especial para blockchain e criptomoedas”, um aceno em direção a trajetória percorrida por Malta nos últimos meses.

Também foram tratadas temas como medidas de proteção aos investidores, organização de força-tarefa para estudo do blockchain e da regulação do comércio de ativos financeiros digitais.

Conheça a CoinBene

Vale lembrar que o governo sul-coreano proibiu todos os tipos de ICOs em setembro de 2017 e não criou nenhuma política específica para o desenvolvimento do segmento desde então.

A imprensa local especula que os mandatários sul-coreanos cogitam usar a tecnologia do blockchain nos partidos políticos revolucionando o processo eleitoral.

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Essentia (ESS), desenvolvendo a interoperabilidade para a nova web
Credits CS
Mais de US$ 1 milhão é negociado em Credits nas últimas 24h
Bitcoin substituirá moedas em uma década, diz estudo