SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Crimes com moedas digitais dominam ataques hacker

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma empresa de cibersegurança de Israel realizou um levantamento e concluiu que os crimes relacionados ao mercado de moedas digitais superariam os demais casos de ataques hackers em 2018.

De acordo com a Check Point Software Technologies, as atividades ilegais em Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs, na sigla em inglês) é o principal obstáculo para o desenvolvimento do blockchain e tecnologias adjacentes.

Entre os crimes considerados como parte do núcleo de moedas digitais estão hacks e scams.

As informações foram reveladas durante um evento que reuniu especialistas em criptoativos realizado em Tel Aviv.

Conheça a CoinBene

O painel

Apesar do otimismo de outros participantes do evento sobre o potencial da tecnologia blockchain e das criptomoedas, Haim Pinto, CTO do maior banco de Israel, Hapoalim, argumentou que o blockchain “ainda está em um ciclo de hype”.

Pinto disse que não existem implantações com blockchain são seguramente “utilizáveis”, particularmente no que diz respeito ao sistema bancário.

O executivo afirmou ainda que a tecnologia não está pronta para adoção ampla, dizendo: “Não podemos simplesmente pegá-la e usá-la”.

Embora a tecnologia blockchain tenha sido considerada recentemente não suficientemente madura pelo Banco Central da Rússia, os benefícios da tecnologia ainda estão sendo explorados globalmente por instituições bancárias e financeiras.

No início desta semana, o consórcio bancário espanhol Niuron revelou planos para introduzir um sistema de verificação de identificação de clientes baseado em blockchain.

Em junho, o Banco do Povo da China (PBoC) revelou um projeto movido a blockchain para digitalizar cheques em papel. Em maio, sete dos maiores bancos da Índia lançaram uma iniciativa de financiamento comercial baseada em blockchain, liderada pela gigante indiana de TI, InfoSys.

Lembrete

A CoinBene ressalta que o mercado de criptoativos é extremamente volátil e tem riscos. Estude os ativos disponíveis antes de investir e atente-se para ofertas imperdíveis de negócio. Geralmente, isso é um indicativo de que se trata de uma fraude.

Ressaltamos que, utilizamos nossos perfis oficiais em redes sociais, site e blog para realizar comunicados de interesse público.

Nossos canais de atendimento oficiais são o e-mail (suporte@coinbene.com.br) e Whats App (11 99456-8871).

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
Hash rate importa e muito: entenda por quê
Saques de Ether (ETH) e tokens ERC-20 são retomados
Montadora pede patente para software que usa blockchain em carros autônomos
Montadora pede patente para software que usa blockchain em carros autônomos