EDUCAÇÃO

DigiCash, a primeira moeda digital do mundo

Tempo de leitura: 1 minuto

Bitcoin é a moeda digital mais conhecida, mas será que ele foi a primeira a ser criada? A resposta é não. Prepare-se para conhecer o DigiCash. 

Lançada em 1989 pelo cientista da computação David Chaum, ela foi a primeira moeda digital do mundo. Sua principal aplicação eram relacionadas à bancos.

As transações do DigiCash eram únicas porque eram anônimas devido a vários protocolos criptográficos desenvolvidos por seu fundador.

Chaum, inclusive, é conhecido como o “padrinho da comunicação anônima” por propor a ideia de transações criptografadas em artigo publicado em 1982, chamado “Blind Signatures for Untraceable Payments”.

Conheça a CoinBene

O documento destaca uma alternativa às transações eletrônicas que atingiam o varejo, e poucos anos depois de escrever o artigo, ele tentou pegar algumas das idéias e monetizá-las.

E o DigiCash deu certo?

O DigiCash sofria com o problema do gasto duplo. Explicando de modo simplificado, era como se a moeda fosse um arquivo anexo de um e-mail.

Quando enviamos a um destinatário esse anexo e queremos enviar novamente a outra pessoa, podemos mandar novamente o mesmo arquivo.

Assim, a mesma moeda era gasta mais de uma vez, o que a tornou inviável.

O DigiCash durou até 1998, sendo descontinuada por causa desse problema e de dificuldades da empresa para expandir sua base de usuários.

Houveram outras moedas digitais ao longo dos anos, como o e-Gold, até que em 2008 Satoshi Nakamoto apresentou o Bitcoin, primeira moeda digital descentralizada.

Gostou de saber essa curiosidade? Fique ligado no blog da CoinBene para essas e outras novidades.

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
Lastro das criptomoedas
Tudo o que você precisa saber sobre o lastro do Bitcoin
Tokens utilitários e de segurança
Token utilitário e de segurança: o que são e quais são suas diferenças?
Graduação em blockchain já é realidade: veja onde