SEGURANÇA E TECNOLOGIA

ERC-20, o “manual de etiqueta” dos tokens da Ethereum

ERC-20
Tempo de leitura: 2 minutos

A Ethereum é uma rede alimentada pelo token Ether, que é a única criptomoeda que atua na condição de “combustível”.

Mas também existe um token chamado ERC-20. Você já ouviu falar dele e sabe pra que ele serve? Vem com a gente que te contamos!

Recordar é viver

Antes de começarmos a falar sobre isso, precisamos saber que Ethereum não é uma moeda, e sim, um blockchain para registrar transações e uma máquina virtual para produzir contratos inteligentes.

Conheça a CoinBene

Por causa dessas funções, a Ethereum pode suportar aplicativos descentralizados que são construídos no próprio blockchain existente na rede. Para que os desenvolvedores possam fazer isso, a rede cobra Ether deles.

Quando os contratos inteligentes são criados, os tokens ERC-20 aparecem. Eles funcionam como criptoativos que autorizam os participantes a realizarem operações dentro desses contratos inteligentes.

ERC-20, o filho exemplar

Ele é um token padrão, a linguagem universal da rede, permitindo que esse novo token seja negociado com outros dentro de toda a rede.

Os tokens ERC-20 podem funcionar como criptomoedas, pontos em programa de fidelidade ou até mesmo um comprovante de propriedade de um imóvel, por exemplo.

Os contratos inteligentes são escritos na linguagem de programação “Solidity” com base na lógica If-This-Then-That (IFTTT – Se-Isso-Então-Aquilo, em tradução livre).

Para cumprir plenamente com os padrões ERC-20, o desenvolvedor deve incorporar um conjunto específico de funções no seu contrato inteligente que, a um nível elevado, irá permitir-lhe realizar as seguintes ações:

  1. Obter o fornecimento total de tokens
  2. Obter o saldo da conta
  3. Transferir o token
  4. Aprovar gastar o token

Ele é criado por interoperabilidade. Todo token criado na Ethereum é um ERC-20. Como todos possuem o mesmo padrão, eles podem trabalhar com aplicativos descentralizados que usam esse padrão.

Da mesma maneira que Bitcoin e Ether, os tokens ERC-20 também podem ser rastreados no blockchain.

Atualmente muitos projetos que aproveitam o blockchain da Ethereum no padrão ERC-20 para emitir os tokens que serão necessários para movimentar suas plataformas. A aplicação tem tudo para continuar crescendo com melhores e novas aplicações que precisem de interação na Ethereum.

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Manutenção concluída! Plataforma está liberada para usuários
Gigante asiático usará blockchain para direitos autorais
Gigante asiático usará blockchain para direitos autorais
Invasão de computadores rendem US$ 2 mi em criptomoedas