EDUCAÇÃO

Desvendando o gráfico: conheça o indicador ALMA

Arnaud Legoux Moving Average
Tempo de leitura: 2 minutos

O mercado de criptoativos é muito volátil, e nada melhor do que acompanhar as movimentações do gráfico para ficar por dentro de todas as variações. Mas existem diversos indicadores, e cada um com um propósito diferente ou complementar ao outro. Você conhece todos? Se a resposta for não, fique tranquilo que a gente te explica.

O escolhido da vez é o indicador ALMA. Já ouviu falar dele? A sigla significa Arnaud Legoux Moving Average, em português Média Móvel de Arnaud Legoux.

Aliás, Arnaud Legoux é o nome de um dos criadores do indicador, que o desenvolveu em parceria com Dimitrios Kouzis-Loukas, em 2009.

Sua função é detectar pequenas flutuações de preços dos ativos, além de ajudar investidores a visualizarem uma linha de tendência, aplicando uma média móvel duas vezes, sendo uma da direita para a esquerda e outra da esquerda para a direita.

Conheça a CoinBene

A média móvel do indicador ALMA usa curva da distribuição normal (Gauss), que pode ser colocada com o parâmetro de deslocamento 0 para 1. Sigma é outro parâmetro que é responsável pela forma dos coeficientes da curva.

Este parâmetro permite regular a suavidade e alta sensibilidade da Média Móvel. Ou seja, ele consegue amenizar duas desvantagens comuns das médias móveis tradicionais, que são a capacidade de resposta e a suavidade.  

Na comparação com a média móvel de 50 períodos (linha branca), é possível acompanhar uma interação do indicador ALMA (linha amarela) com os preços do ativo.

Com base nessas informações, os traders terão mais condições de assumir a movimentação dos preços e ajustar sua estratégia.

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Quantas coisas do cotidiano podemos comprar com um Bitcoin?
Quantas coisas do cotidiano podemos comprar com um Bitcoin?
Veja como não se tornar vítima de cibercriminosos
Taxas exclusivas e sob medida para você na CoinBene