EDUCAÇÃO MERCADO

IoP: conheça a verdadeira internet das pessoas

IoP
Tempo de leitura: 2 minutos

Ela é mais do que uma criptomoeda. A Internet of People (IoP) é uma plataforma de serviços P2P totalmente descentralizada que funciona como uma plataforma de pagamentos e uma infraestrutura que quer conectar consumidores diretamente aos prestadores de serviços, sem a necessidade de intermediários.

A IoP é uma rede baseada em blockchain que conecta essas pessoas diretamente usando aplicativos P2P. Ela elimina os intermediários que lucram quando usamos serviços comuns da internet, como aplicativos de transporte, hospedagem, para pedir comida e até mesmo as redes sociais.

Esses intermediários lucram com as informações de seus usuários, pois usam os dados que eles colocam no momento em que se cadastram nos serviços que vão usar. Daí, essas informações são vendidas a anunciantes.

Ou seja, além das taxas que os intermediários cobram dos seus usuários, eles também ganham dinheiro vendendo as informações que são informadas no momento do cadastro.

Conheça a CoinBene

Ativo da rede

Por meio da moeda IoP, usuários podem realizar pagamentos na rede IoP. Eles são baseados no core do Bitcoin (0.15.0.1), são híbridos, com mineração PoW e PoS, e tem fornecimento máximo de 21 milhões de unidades.

Para que a IoP seja totalmente descentralizada, ela possibilita que seus nós sejam executados em dispositivos mais simples, como computadores domésticos e até mesmo smartphones. Ou seja, qualquer pessoa pode ser um dos nós da IoP.

Os nós recebem moedas IoP por sua atuação na rede e pela conexão entre prestadores de serviços e usuários.

Ela também é inclusiva. Para se tornar um dos nós da Internet of People não é necessário ter um equipamento de última geração ou um supercomputador. Com dispositivos Raspberry Pi, PCs domésticos e até mesmo com smartphones é possível participar da rede, realizando a conexão entre prestadores de serviços e consumidores.

Como acontece essa conexão?

Por meio do protocolo Mercury, os participantes da IoP se comunicam ponto a ponto com outros nós na rede e troquem qualquer tipo de informação suportada por ele, incluindo os perfis dos usuários, mensagens, imagens, entre outras.

A intenção da IoP é usar a tecnologia para criar um “gráfico social”, que consiste em um sistema focado na criação de conexões privadas e diretas diretamente entre identidades criptográficas, e não entre dispositivos.

Comentários

COMPARTILHAR
Redação CoinBene
Bem-vindo à (r)evolução do dinheiro. Sem notas, sem bancos, sem burocracia. Esse é o futuro!
Notícias relacionadas
Valor do Ormeus Coin (ORME) sobe nesta terça-feira
FundRequest
Valor do FundRequest (FND) sobe após listagem na CoinBene
Bilionário americano prevê alta exponencial do Bitcoin