SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Falha que congelou transações com USDT expõe usuários do Omni

Tempo de leitura: 1 minuto

Os provedores de serviços do Tether (USDT) estão omitindo a execução de seus próprios nodos na camada Omni, o que levou ao congelamento das transações do ativo. A falha foi resolvida em meados de setembro, mas o problema revelou quantos usuários estavam apenas confiando na verificação de dados do Omni, segundo o CryptoInvest.

A revelação da falha provocou indignação imediata e foi considerada uma irresponsabilidade, uma vez que esses serviços movimentam bilhões de dólares diariamente.

As críticas destacam uma falha séria que fez com que os preços de todos os ativos financeiros digitais derretessem nos últimos dias.  

Mais detalhes

A camada Omni é uma tecnologia para construir e transferir tokens na rede Bitcoin, sendo o USDT o mais proeminente, usado em corretoras como par de negociação semelhante a moeda fiat, e os problemas recentes da rede com a sincronização impediram esse processo.

Traders também notaram que o congelamento da rede imediatamente levou a uma reação nas cotações dos ativos, mostrando mais uma vez a influência significativa do USDT no preço do Bitcoin.

Conheça a CoinBene

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Hard forks ameaçam mercado de ativos financeiros digitais, diz estudo
OZEX (OZX) é listado em plataforma global
OZEX: a plataforma voltada para ICOs é novidade na CoinBene
Gigante do varejo aposta na tecnologia para rastrear entregas