SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Mineradoras encerram operações com recentes quedas do mercado

Com queda do mercado, mineradoras encerram operações
Tempo de leitura: 1 minuto

A recente desvalorização dos ativos digitais trouxe problemas para quem resolveu viver apenas disso. Nas últimas semanas muitas mineradoras de Bitcoin e de outras criptomoedas anunciam o encerramento de suas operações por conta da queda do preço das moedas digitais.

Segundo uma das maiores empresas do setor, pelo menos 800 mil equipamentos deixaram de operar nos últimos 15 dias. Ao Coindesk, o fundador do pool de mineração de criptomoedas F2pool, Mao Shixing, afirmou que a estimativa de sua empresa considera a queda total na rede e o poder médio de hash das máquinas mais antigas, o que prejudica a geração de lucros.

Todo o hashrate da rede bitcoin, que captura o poder de computação agregado para o primeiro blockchain do mundo, caiu cerca de 47 milhões de tera por segundo (TH/s) em 10 de novembro para 41 milhões em 24 de novembro, um recuo de quase 13% no período, segundo dados da blockchain.info.

Segundo Mao, a maioria dos mineiros que tiveram suas operações possuem equipamentos mais antigos, que possuem poder de hash de 10 TH/s. Essas mineradoras estão perdendo dinheiro por conta do baixo poder de processamento, o que inviabiliza a manutenção das operações.

Conheça a CoinBene

Em uma postagem na rede social chinesa Weibo, o fundador da F2pool afirmou que isso vem acontecendo na China. Para alguns mineradores desligar não é o suficiente, eles precisam vender seus equipamentos mais antigos por quilo para reciclagem como cobre em vez de usá-los na mineração.

Ele lembra que existem há vários fatores que contribuíram para o abalo entre as mineradoras, incluindo o recente declínio do mercado que se seguiu ao hard fork do BCH em novembro, a alta do preço da eletricidade na China e a necessidade da atualização dos equipamentos produzidos no país, o que deixa as máquinas antigas cada vez mais obsoletas.

Comentários

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Governo chinês apresenta ranking mensal dos melhores blockchains
Governo chinês apresenta ranking mensal dos melhores blockchains
contas hackeadas
Estudo: invasões em operações de criptomoedas aumenta 300%
Hash rate importa e muito: entenda por quê