ANÁLISE DE ESPECIALISTA

Será que agora é “to the moon”?

bitcoin to the moon
Tempo de leitura: 1 minuto

Bitcoin to the moon? Quer saber o momento exato de vender ou comprar Bitcoin? Fique ligado. Através deste estudo é possível saber se é interessante alguma operação (trade) e ganhar na alta do Bitcoin.

Análise Bitcoin: to the moon?

No momento, o preço está em US$8.717. Rompemos o nosso triângulo presente nas últimas análises. Acertamos o período de lateralização que viria e, posteriormente, a alta.

O preço tende a buscar os US$9.600-US$9.800. Melhor zona de compra é entre US$8.300-US$8.500.

Conheça a CoinBene

 

O preço pode dar uma leve queda, rebatendo em US$8.300-US$8.500. Seria um movimento para “testar” o rompimento, mas isso não tem como prever tão assertivamente.

Quem quer fazer operações de curto prazo e não conseguiu comprar antes ou no rompimento do preço, pode tentar realizar compras parciais.

Para maior suporte, conheça nosso Grupo VIP onde o suporte é contínuo.

Conheça a Financial Move

A Financial Move é uma consultoria especializada em criptomoedas.

Conheça nossos serviços em https://www.financialmove.com.br

Não deixe de entrar nos nosso canais no Telegram.

Participe da comunidade no Telegram: http://bit.ly/FiancialMoveForum

Entre para nosso canal no Telegram: http://bit.ly/FinancialMoveCanal

Veja nossos relatórios de resultados dos últimos meses no

Grupo VIP aqui: http://bit.ly/relatoriofinancial

Conheça nossos serviços de Consultoria em: https://financialmove.com.br/consultoria

– Este é um material educativo e não deve ser utilizado como definitivo para seus
investimentos. Realize o seu próprio estudo e gerencie seu risco! –

Comentários

COMPARTILHAR
Tasso Lago
Engenheiro, Pós Graduado em Finanças Corporativas pela COPPEAD/UFRJ e Mestrando em Corporate Finance pela Université de Bordeaux. Atualmente é analista financeiro da IBM voltado para o mercado USA e CEO da Financial Move
View Website
Notícias relacionadas
Será a hora de comprar Bitcoin?
Análise
Altas e baixas: confira a análise semanal da CoinBene
As duas melhores opções para ganhar na alta